GLITTER DO BEM

carnaval chegando e a promessa é de muita diversão!
mas antes que os tamborins esquentem,
vamos trocar uma ideia sobre os onipresentes glitters,
aqueles brilhos que dão um toque festivo
e alegre nas makes e fantasias.

como sempre destacamos aqui, o plástico (um dos componentes desse brilhinho) é o maior poluente dos oceanos.
o glitter, nada mais é que uma partícula de microplástico, entre outros materiais, que é pequena demais para ser filtrada no sistema de tratamento de esgoto e acabam indo para rios e mares e que podem ser ingeridas pela fauna marinha.

"pesquisas recentes dão conta de que microplásticos perturbam o início da cadeia de alimentação aquática, como os plânctons", diz trisia farrelly, da universidade de massey, na nova zelândia, especialista em ecologia urbana.
"os microplásticos ingeridos por esses organismos podem afetar seu crescimento e atrapalhar sua alimentação como um todo - e consequentemente impactar toda a cadeia de alimentação."

plânctons, por exemplo, são um alimento dos peixes, que, por sua vez, alimentam os humanos: tudo interligado.

em tempo: parte dos microplásticos são os microbreads, ou grânulos, como os presentes, além do glitter, também em pastas de dentes e esfoliantes.
"é plástico feito para ter uma vida muito curta. você limpa seu rosto ou seus dentes, enxágua e eles vão direto para o ralo", diz farrelly.
o uso de grânulos em produtos como esses foi proibido no canadá, nos eua e no reino unido.
a nova zelândia deve implementar a proibição no primeiro semestre de 2018.
no brasil, seu uso ainda é permitido.

mas antes que nos sintamos culpados por usar esse divertido adereço, saiba que no mercado já existem opções de glitter biodegradáveis, feito com agar, uma substância semelhante à gelatina extraída de algas marinhas, corante alimentício e minerais naturais.

torcemos para que esse glitter natural deixe de ser um diferencial e torne-se uma regra!

e que toquem os tamborins!

saiba mais:

http://www.bbc.com/portuguese/brasil-42797763

http://m.folha.uol.com.br/mercado/2018/01/1953720-marcas-criam-aderecos-feministas-e-glitter-biodegradavel-para-folias.shtml?mobile

fonte: bbc | folha de s.paulo
foto: reprodução

post mais antigo post mais recente